Empreendedorismo

Saiba porquê você não alcançará suas metas em 2016

6 de janeiro de 2016

O ano começou e acredito que a maioria de nós já começou a escrever uma lista interminável de metas, ações e mudanças para 2016.

Gary Latham, professor de Psicologia da Universidade de Toronto fez uma pesquisa sobre estabelecimento de metas e chegou a conclusão que existem vários motivos que sabotam a prática dos nossos planos. Na realidade ele deu continuidade a pesquisas já realizadas por Dr Edwin Locke’s que foi pioneiro na pesquisa sobre “fixar metas e motivação”.

Nos últimos dias estive lendo seus artigos para tentar entender como tudo isso funciona. Ele descreve algumas razões para que possamos alcançar estes resultados. Como não queremos terminar mais um ano sem completar nosso propósito, resolvi fazer um resumo para reorganizarmos nosso caderno de metas e podermos colocá-las em prática alcançando o sucesso no final.

Abaixo seguem os importantes pontos que devemos levar em consideração:

 

1- Clareza

Não estabeleça metas muito abrangentes. Lendo esse ponto, automaticamente lembrei-me do último projeto de conclusão de curso, no qual minha orientadora dizia-me para focar em algo específico, porque minha pesquisa ainda estava muito abrangente. Lembro das aulas de cinema e fotografia no qual, literalmente, eu tinha que ajustar o FOCO para poder visualizar melhor o que eu queria enxergar. Isso me faz entender o que é foco e porque necessitamos tanto dele.

Fazendo uma comparação da câmera com nossas metas, percebemos a mesma coisa. Precisamos ter planos bem definidos para podermos alcançá-los! Segundo Dr Latham a chave para realizar cada ponto é ser o mais objetivo possível.

Agora vamos a prática! Por exemplo, se você quer viajar para Nova York, ao invés de colocar sua meta: “Vou viajar para Nova York” ou “Quero juntar dinheiro para viajar para Nova York”, faça o cálculo de quanto você vai precisar, mais ou menos, coloque data e estabeleça a seguinte meta: “Preciso de R$15.000 mil reais até 01/07/2016”. Dessa forma fica mais fácil você visualizar o que realmente precisa para concretizar a sua meta. Exemplos:
– Quanto devo guardar por mês para alcançar esse valor?
– Necessito fazer algum bico para ter mais dinheiro?
– O que vou cortar? Shopping, restaurantes, viagens menores?

Desta forma nossa mente identifica os “comandos” com mais facilidade e conseguimos nos programar e saber exatamente o que devemos fazer para tornar os objetivos reais, tirando as metas do papel. Se colocarmos “quero viajar” ou “guardar dinheiro” fica muito vago para nosso cérebro conseguir armazenar e executar essas informações.

 

2- Estabelecer metas fáceis de atingir

Ele explica que as metas devem ser realistas, pois, metas inalcançáveis desmotivam mais que motivam. Por exemplo, não adianta querer perder 10 kgs em 1 mês, isso não faz sentido e uma pessoa viciada em cigarro não para de fumar de uma hora para outra. Planeje-se para perder 4 kgs no mês, fumar só 5 cigarros por semana, desta forma, as metas tornam-se mais atingíveis, esses são apenas exemplos ilustrativos.

Vamos praticar o equilíbrio e seguir o passo a passo.

 

3- Compromisso

Quanto mais difícil é a meta, mais compromisso ela necessita. Se você tem uma meta “fácil” você não vai precisar de um excesso de motivação. Quando está trabalhando em um projeto um pouco mais difícil você vai ter que encontrar recursos que o faça inspirar-se e auto incentivar-se.

Dentro desse contexto é de extrema importância que você inclua pessoas apropriadas e que estejam na mesma sintonia que você, pois, juntos vocês podem fazer atividades que vão ajudá-los e encorajá-los a desenvolverem suas metas.

 

4- Estabeleça UMA meta por vez

Se a ideia é ter FOCO não podemos criar uma lista interminável de metas. Coloque UMA em prioridade e tenha o mínimo de metas possível. Elas devem ser restritas de 3 a 7 e nada mais. Afinal ter vários objetivos vão fazer com que nos dispersamos dos objetivos principais.

“Não adianta querer fazer tudo e não fazer nada. Não queira realizar os sonhos de uma vida inteira em um único ano”

Se você tem muitos planos pode criar metas para 2017 em outro caderno, com uma listagem de desejos e sonhos a longo prazo. Sempre faço isso e dá super certo!!! Caso você consiga alcançar suas metas antes do fim do ano, você pode incluir coisas que faria só no ano que vem como forma de antecipar-se. Segundo Dr Lathan é muito difícil para nossa mente assimilar e administrar tantas metas ao mesmo tempo.

 

5- Seja Otimista

Se na primeira dificuldade ou decepção você desistir.. Infelizmente suas metas entrarão para a estatística. Para Latham o pessimismo deve estar fora da sua mente, afinal quantas coisas que eram ditas “impossíveis” já foram criadas pela mente humana?

Lidar com nossa mente é um trabalho diário, às vezes, quando o cansaço chega nos percebemos pensando em coisas negativas e nos questionando sobre nossas ações, nessa hora, faça o trabalho de “mudar a rota”, tente relaxar e pensar onde você já chegou. Entre em contato com amigos e saia para relaxar, por isso, é sempre importante manter-se perto de pessoas motivadas, elas trarão boas energias e te ajudarão nessa longa caminhada.

Muitos empresários e estudiosos incluindo Dr Gary dizem que é mais importante ser perseverante do que inteligente e cheio de idéias.

 

Quer mesmo colocar seus projetos em prática em 2016???

 

Se sim, faça seu planejamento e tenha mais força de vontade para executá-los. Pegue suas listas antigas e analise o que ainda não foi feito e o que você gostaria de realizar este ano. Não termine mais um ano com milhares de projetos guardados em cofres secretos.

 

Outros Posts:

– Um tapa na cara!

– Será mesmo que o dinheiro não traz felicidade?

– Abra uma conta fora do país… Saiba por quê!!!

 

Imagem: Society6

Relacionados a este post

1 Comentário

  • Responder Rafael 26 de julho de 2016 a 17:35

    Bela orientação Verena! Estamos no meio do ano, mas não é tarde pra botar a mão na massa! Você tem muita razão quando diz que perseverança é mais importante que grandes ideias. O mundo derruba quem não aguenta pancada, por outro lado quando a gente se dedica e aplica chega uma hora que o mundo desiste e meio que diz -” Está bem, você venceu, pode ter todo sucesso que quiser, me diga o que posso te dar?

  • Escreve uma resposta

    Receba nossas atualizações

    e inspire-se com dicas sobre independência financeira